22 de novembro de 2016

Hofbräuhaus


Seis meses depois de sua turbulenta inauguração (e reinauguração), visitamos a primeira unidade da famosa cervejaria alemã na América Latina. Digo turbulenta porque dois dias depois de ser aberta, a casa fechou por falta de cerveja. Pelos próximos dias, funcionou de maneira precária - apenas nos fins de semana e mediante reserva - e fechou novamente. Em maio, reabriu as portas definitivamente e passou por uma reforma para aumentar a produção.

A cervejaria ocupa um imóvel enorme no bairro Cidade Jardim, na região Centro-Sul de BH, e tem capacidade para 350 pessoas. O salão interno é amplo, bem iluminado e rodeado por paredes de vidro. Há mesas e bancos compridos para turmas maiores, cadeiras altas ao longo de todo o balcão e, nos cantos, mesas pequenas para quatro pessoas. A área externa é ideal para dias ensolarados ou encontros de happy hour.


Das duas vezes em que estivemos no local, o atendimento foi eficiente e os garçons, atenciosos. Mesmo quando a casa já estava cheia, os pratos chegaram relativamente rápido. Enquanto esperávamos, escolhíamos quais seriam as próximas cervejas. São três tipos - lager, dunkel e weiss - servidos em três tamanhos diferentes: copo de 300ml (R$ 9,50), caneca de 500ml (R$15) e caneca de 1L (R$ 29). Experimentamos todas e não saberíamos dizer qual é a melhor. Vale a visita só pelas cervejas, são muito boas mesmo!

O cardápio traz itens clássicos da culinária alemã, como salsichão, joelho de porco e goulash, mas não vai muito além disso. Pedimos uma salsicha com pretzel (R$ 27,90) que, pelo preço, deixou a desejar. O pretzel tinha tanto sal grosso que mais parecia aquele salgadinho Stiksy, da Elma Chips, só que muito mais caro.


O próximo prato foi um schnitzel com molho remoulade e salada de batata (R$ 37,90), um bife de porco fininho empanado, certamente nossa melhor escolha. A salada estava gostosa, mas era muito pequena, e o molhinho com sabor de limão combinou com a carne, que veio crocante e sequinha. Se você pedir um acompanhamento à parte, dá para dividir com outra pessoa que não come muito. Para nós, as clássicas batatas fritas são insubstituíveis, e as da Hofbräuhaus são boas também. Uma pena serem daquelas congeladas, justo em uma casa que serve comida alemã.


Vamos voltar?
Pela cerveja, sim. Além de o ambiente da Hofbräuhaus ser animado e descontraído, beber aquelas cervejas na caneca é uma delícia - e bem caro também. A comida não é um atrativo da casa. É mais cara do que a de qualquer bar da região Centro-Sul, não conquistou nenhum de nós e vai decepcionar quem está acostumado com os pratos servidos no Haus München. Vá para experimentar as ótimas cervejas, não chegue com fome e peça uma porção de batata frita. Não tem erro.

Hofbräuhaus
Av. do Contorno, 7613
Cidade Jardim

Um comentário:

  1. Não conheço a casa ainda. Mas deve ser ótima para um happy hour. :)

    ResponderExcluir