9 de junho de 2015

São Brasa Espetaria


Belo Horizonte é uma daquelas cidades em que toda novidade, principalmente relacionada à gastronomia, vira moda. Por um bom tempo, as pessoas só consomem aquilo, e a cidade se enche de estabelecimentos que oferecem variações do mesmo produto. Daí a pouco, outra novidade aparece para assumir esse lugar. Foi assim com os cupcakes, os brigadeiros gourmet e as paletas mexicanas. A nova moda por aqui são as espetarias.

Recém abertas em diversos pontos da capital, elas atraem cada vez mais clientes com a promessa de oferecer ambiente descontraído, cerveja gelada e opções diferenciadas de churrasquinho, tanto em termos de qualidade quanto pela originalidade do produto. Há algumas semanas, visitamos uma das casas especializadas em “espetinhos gourmet”, e a experiência não foi das melhores.

A São Brasa Espetaria, aberta há cerca de 8 meses, ocupa um imóvel pequeno em Lourdes, e a maior parte de suas mesas fica na calçada. Um grande balcão com cadeiras altas ocupa boa parte do salão e divide a área da churrasqueira e o espaço para os clientes. Do lado de fora, um cardápio exibe 16 variedades de espetos e quatro de pães especiais - dentre eles o de bacalhau com queijo, que chamou a nossa atenção. Mal chegamos, o garçom nos avisou que o fornecedor não tinha feito a entrega naquele dia e que a casa estava com poucas opções de espetos. Já ficamos desanimados... Depois de descobrirmos que os espetos mais interessantes – frango com catupiry, kafta e tilápia - não estavam disponíveis, decidimos experimentar todas as variedades do dia: carne de boi, carne de porco, muçarela, linguicinha defumada e salsichão.

No geral, os espetinhos ficaram abaixo das nossas expectativas. A carne de boi veio mal passada, como pedimos, mas não estava macia nem suculenta. Mesmo com a farinha que a acompanhava, não tinha muita graça. A carne de porco foi a melhor da noite. Soltava fácil do espeto e estava macia, mas também não tinha nada de especial. A muçarela derreteu demais e não ficou crocante por fora. Além disso, estava tão salgada que não dava para comer o espeto inteiro sem beber alguma coisa. O salsichão, que pedimos por último, era totalmente dispensável. Por fora, estava meio queimado, por dentro, não assou direito. O sabor também não agradou – parecia embutido de qualidade inferior.


Para tentar salvar a pátria, pedimos um pão de bacalhau com queijo que até estava gostoso, mas não tinha o menor gosto de bacalhau. Antes tivéssemos pedido o pão de alho tradicional, que seria mais barato e tão bom quanto.

Vamos voltar?
Não. Pode ter sido azar, mas nesse dia nada funcionou direito. O atendimento foi confuso, as bebidas não estavam geladas e os espetos, que custam em média R$ 6, deixaram a desejar. Por menos do que isso, você encontra churrasquinhos mais gostosos e cardápios mais variados por aí.


São Brasa
Rua Gonçalves Dias, 1914
Lourdes

Nenhum comentário:

Postar um comentário