30 de janeiro de 2015

Nick Prime Sandwiches


De uns tempos pra cá, a movimentada rua Alberto Cintra, no bairro União, vem se tornando conhecida por abrigar uma grande quantidade de bares e restaurantes. Um dos destaques desse novo complexo gastronômico é o Nick Prime Sandwiches, comandado pelos donos do restaurante Família Paulista. A pequena sanduicheria tem apenas três mesas na parte interna e cerca de 15 na calçada. A decoração é tão sóbria que só não passa despercebida para a maioria dos clientes por conta de cinco relógios, pendurados em uma das paredes, que marcam a hora de BH e de cidades do interior de Minas. 

O cardápio é bem completo e oferece, além dos burgers tradicionais, opções frias, vegetarianas, com peixe, com salsicha, com carne moída e até com mortadela. Os 'sanduíches homenageados' foram os que mais nos agradaram. Pedimos os dois para dividir e com batatas fritas normais - por R$ 3,90, você pode trocá-las por batatas rústicas fritas com alho e alecrim. 

Nosso primeiro pedido foi um Monjardin, feito com pão de hambúrguer, hambúrguer de costela bovina, queijo prato, geleia de vinho tinto, cebola à gaúcha e folhas de agrião (R$ 19,60). Logo de cara, a carne surpreendeu positivamente. Leve, saborosa e bem temperada, ela estava longe de parecer gordurosa. O queijo, completamente derretido, veio em quantidade generosa e cobria todo o hambúrguer. A cebola à gaúcha era simplesmente anéis de cebola crus que, pelo menos, eram fáceis de separar. A geleia de vinho tinto, bem docinha e muito pouco ácida, foi uma ótima surpresa que combinou muito bem com o hambúrguer. As folhas de agrião, mais expressivas do que as de alface, deram um 'tchan' à reunião de ingredientes que já tinha dado certo. Para completar, as batatas fritas sequinhas e crocantes, daquelas congeladas mesmo, estavam muito gostosas. No fim das contas, achamos o sanduíche muito gostoso e bastante original. Vale a pena experimentar!


A segunda escolha foi um Cheddar Black Belt (R$ 19,80), que leva hambúrguer, queijo cheddar e cebola caramelizada com shoyu no pão australiano. Essa combinação é uma das nossas preferidas, sempre pedimos quando ela aparece no cardápio. E a do Nick decepcionou em alguns quesitos. O pão foi cortado de forma que a parte de baixo, normalmente mais firme do que a de cima, ficasse bem maior que a outra. Como ele já não estava muito macio, foi difícil chegar ao final sem a ajuda de um suco. O queijo não foi espalhado uniformemente sobre a carne e, como tinha sabor forte, deixou algumas partes do sanduíche um pouco enjoativas. O ponto positivo é que ele era cremoso, o que colaborou para diminuir o aspecto 'seco' do conjunto. As tirinhas de cebola caramelizadas foram cortadas maiores e mais grossas do que o esperado, o que desanima qualquer pessoa que não gosta de morder o vegetal e ouvir aquele 'creck'. Além disso, elas estavam sequinhas e soltas embaixo da camada de cheddar, como se tivessem sido apenas fritas no shoyu, e não caramelizadas de verdade. O que salvou o sanduíche foi a carne. Bem temperado, saboroso e grande, o hambúrguer era irretocável.


Vamos voltar?
Sim. Um outro sanduíche, feito com hambúrguer de linguiça de pernil e maionese de limão, chamou nossa atenção. E gostaríamos de experimentar um dos milk shakes da casa também!

Nick Prime Sandwiches
Rua Alberto Cintra, 56
União

Nenhum comentário:

Postar um comentário